Data faz referência à morte de Zumbi e a importância da consciência negra para a formação social

Dia 20 de novembro é celebrado o dia da consciência negra que representa a luta dos negros contra a descriminação racial.

Comemorado em todo o território nacional, a data foi escolhida por ter sido o dia da morte do líder negro “Zumbi”, que lutou contra a escravidão no período do Brasil Colonial. Ele morreu em um combate, defendendo seu povo e sua comunidade. Os quilombos representavam uma resistência ao sistema escravista e também uma forma coletiva de manutenção da cultura africana aqui no Brasil.

A criação desta data é de muita importância, pois serve como momento de conscientização e reflexão sobre a importância de valorizar um povo que contribuiu para o desenvolvimento da cultura brasileira.

O intuito desta data é conscientizar a população da importância histórica e cultural de nosso país, nos aspectos políticos, sociais, gastronômicos e religiosos.

Sugerimos dois livros para ouvir para conhecer um pouco mais dessa cultura.

capa-jpegMel Duarte, autora e narradora do audiolivro “Nega Nua Crua”, retrata suas inquietações, provocações, sensações, angústias e prazeres da vida pela ótica de uma mulher negra.

Em “Negra”, Mel problematiza questões raciais, o preconceito e a solidão da mulher negra.

“Nua” trata de desejos, sensações e prazeres.

Por fim, em “Crua”, o lado visceral e combativo da poeta se revela em versos.

 

Escute um trecho do livro para ouvir, ou clique aqui para ouvir suas poesias completas.

 

 

300x300-contos_negreirosMarcelino Freire, autor do livro para ouvir Contos Negreiros, faz uma releitura moderna do preconceito com ironia e humor, tendo como inspiração autores clássicos brasileiros como Cruz e Sousa, Lima Barreto e Jorge de Lima. Os 16 contos passam por questões como escravidão, turismo sexual, homossexualidade, conflito de classes, prostituição infantil e analfabetismo. Vencedor do Prêmio Jabuti de 2006, o audiolivro conta com a participação especial da cantora Fabiana Cozza.

Escute um trecho do livro para ouvir, ou clique aqui para o audiolivro completo.