Siga medidas simples para superar o medo de falar em público

Medo de falar em público?

Existe um transtorno chamado “fobia social” e esse transtorno possuem diversos graus de timidez. Umas conseguem ser mais espontâneas em público, outras travam.

Isso não é tão raro, acredite você, mas o maior medo do brasileiro é falar em público. A boa notícia é que existe diversos treinamentos para isso! Saber se comunicar nos tempos atuais passou a ser um requisito básico para qualquer situação. Falar com desenvoltura em público e fazer boas impressões é algo que se aprende, e com diversas técnicas você pode conseguir fazer uma apresentação de sucesso e até mesmo os mais tímidos podem se sobressair.

Falar em público pode ser algo intimidador, mas é uma oportunidade de dividir uma mensagem pela qual você se interessa muito com outras pessoas.

Existem várias estratégias de como fazer uma boa apresentação. Falar com segurança e outras habilidades são importantes: saber usar a expressão corporal, cuidados com a voz, entonação, vestimenta, saber usar recursos audiovisuais e capacidade de organizar ideias e dados.

Você e qualquer pessoa pode superar as dificuldades e aprender a falar com segurança. O medo de falar em público pode ocorrer por quatro motivos:

  • Falta de conhecimento sobre o assunto
  • Falta de ordenação didática do pensamento
  • Não ter prática e experiência no uso da palavra em público
  • Falta de autoconhecimento

Mas não se preocupe! Esses quatro motivos são possíveis de controlar.

Deu branco, o que eu faço?

Use recursos para se apoiar. Power Point ou um impresso com palavras-chave que te ajudarão a lembrar de algum ponto importante. Além disso, redija o texto para cada tela do Power Point, ensaie, depois deixe o texto de lado e treine sem olhar para a tela. É preciso se familiarizar com cada slide, dessa forma, o orador ficará mais à vontade e saberá o que falar em cada um.

Como treinar para se sair bem?

O melhor exercício de oratória é praticar, principalmente a introdução e a conclusão. Treine em voz alta, na frente do espelho, como se sentir melhor e mais confiante. Você pode apresentar para alguém da família ou filmar a apresentação para se auto avaliar depois. Enquanto estiver praticando tente memorizar a linha de raciocínio e não decorar as palavras. Esqueça a perfeição e espere pelo inesperado, é inevitável perder a linha de pensamento em algum momento ou deixar passar algum fato durante a apresentação, mantenha a compostura e confiança e siga em frente.

Como devo falar?

A entonação e o volume da voz são fatores importantes para uma boa comunicação! Tome cuidado para que a apresentação não se torne monótona. É importante usar volume de voz suficiente para que todos possam ouvir bem e alternando o volume e a velocidade da fala para que o ritmo seja sempre agradável e motivador.

O que fazer VS O que não fazer ?

Calma! Ficar de braços cruzados, ou apoiado de maneira desleixada é um dos defeitos da expressão corporal. Mas não é só isso, a falta e o excesso de gestos é um dos piores defeitos.

Existem alguns cuidados importantes para conquistar a confiança do público. Separe as anotações que levou, com calma, ajuste tudo o que precisar sem precipitação e cumprimente as pessoas.

E se o público perceber algo que errei?

Pense que o público sabe menos que você sobre o assunto e isso é ótimo de lembrar. Na maioria dos casos você fará uma apresentação de um assunto sobre o qual você estudou e muitos não. O apresentador na maioria das vezes sabe mais que o resto e ter isso em mente lhe trará muito mais confiança na sua apresentação.

Tá, mas como começar a falar o que preciso?

Quebre o gelo, comece com uma piada ou um comentário espirituoso (se puder, claro). Isso quebra o clima tenso do início da apresentação. Identifique algum conhecido na plateia, ou se não tiver ninguém, tente conhecer alguém nos primeiros cinco minutos antes da apresentação, isso trará mais confiança para você e fará você desenferrujar.

Fiquei nervoso, a boca secou e perdi a linha de raciocínio que estava o que fazer?

Simples, tome água! Não tenha medo, segure um copo na mão. Isso dar á um pouco mais de tranquilidade, além de passar a impressão de estarmos mais desencanados e o tempo gasto nos goles lhe dará alguns segundos de paz e planejamento do que falar.

Comecei a sentir minhas pernas bambas e as mãos trêmulas, o que fazer agora?

Tenha uma estrutura mental positiva e implemente o auto diálogo construtivo como palavras de “relaxa”, “vai dar tudo certo”, “estou calmo” junto com a respiração correta para livrar-se da tensão, stress ou medo. Ande um pouco pelo palco, por mais difícil que pareça ser, tente se imaginar na sala de casa (não se sinta tão relaxado quanto poderia se sentir em casa, mas relaxe). Ande para aliviar a tensão, disfarçar a tremedeira e se familiarizar com o ambiente.

As dicas acima fazem com que o objetivo da apresentação seja alcançado e assim melhorar sua autoconfiança na hora da apresentação.

Aprofunde ainda mais essas técnicas com dois audiolivros indicados por nossos editores.

Como Falar em Público

comofalar500x500Ouça um trecho, ou clique aqui para ter acesso ao audiolivro completo

Neste audiolivro você encontrará estratégias e técnicas valiosas para desenvolver a sua expressividade e poder expor idéias e sentimentos das mais variadas formas: com a aplicação da linguagem corporal, utilizando corretamente a linguagem verbal a ponto de criar imagens e cenários interessantes, apresentando um discurso bem organizado e linguisticamente atraente, dentre tantas outras que farão com que você se torne um especialista na arte de falar em público. Ouça e comprove!

Comunicação Empresarial – Técnicas de Apresentação em Público

comunicacao_empresarial_fernandamorais-300x300Ouça um trecho, ou clique aqui para ter acesso ao audiolivro completo.

Muitas pessoas travam no momento de se expor em uma reunião ou apresentação e parece que tudo o que sabiam e estudaram simplesmente sumiu. O nervosismo toma conta da situação. Isto é comum, e neste audiolivro você poderá desenvolver recursos para sanar essas dificuldades, com o auxílio de algumas técnicas não verbais, como:

  • Onde colocar as mãos quando não estiver gesticulando
  • Como deve ser a voz do palestrante
  • Será que é possível falar rápido e ser compreendido pelas pessoas?
  • Existe uma forma de organizar rapidamente os seus pensamentos?

Claro que não existe milagre, porém os exercícios que você irá prativcas ajudarão e muito o seu dia a dia profissional.

E você? Tem medo de falar em público? Siga essas dicas e depois nos conte a sua evolução!