Ouvir um livro e ler um livro, será que é a mesma coisa? Qual seu palpite?

Muita gente pensa que ouvir um livro tem um efeito diferente do que ler. Dizem que ao ouvirmos um livro nos sentimos cômodos pelo fato de alguém ler por nós, por não decodificarmos a escrita, por não absorvermos o conteúdo que estamos ouvindo e por estarmos deixando de lado o esforço de ler as palavras. Mas será que isso é verdade?

Ao lermos estamos trabalhando o processo de decodificação, (identificamos as palavras que estão impressas) e o processo da linguagem. Porém o processo de decodificação da palavra escrita para crianças, por exemplo, é um pouco mais complexo, o que para adultos é algo natural. Por outro lado, é possível desenvolver o processamento de linguagem, o conhecimento de novas palavras no processo cognitivo para esses novos leitores.

Não é só de papel que a literatura vive. Existem outros meios de leitura para a necessidade de cada pessoa. Seja qual for o método, qualquer alternativa que o leve para a leitura é tão bom e atrativo quando o método tradicional que conhecemos. Além do livro físico, temos os e-books, ótima alternativa para ler quantos livros quiser em um pequeno aparelho assim como os audiolivros.

O audiolivro não veio para substituir o livro físico e sim otimizar a leitura, ou seja, você pode ouvir onde quiser, fazer qualquer atividade tendo o mesmo efeito do que a palavra escrita. Atende todo tipo de público, sendo crianças, adolescentes e adultos.

Já pensou em colocar um audiolivro para seu filho no caminho da escola, ouvir aquela leitura obrigatória para o vestibular dentro do ônibus e até mesmo aprimorar suas técnicas de vendas no trânsito?

Um excelente método para quem não tem o costume de ler mas tem curiosidade de se envolver no assunto de um livro. Um ótimo aliado para pessoas que tem resistência em ler além de entrar no diálogo do livro com as entonações certas do narrador.

O que vale mais a pena?

Esse tipo de pergunta temos que fazer para nós mesmos.

Há quem goste dos livros físicos, de folear as páginas, de sentir o cheirinho do papel e deixar como um bem intelectual na prateleira do quarto. Assim como tem gente que prefere os e-books, uma alternativa mais barata de os livros físicos, fácil de transportar e organizar. Outra alternativa também são os audiolivros que pode ser adaptado no seu dia a dia, em qualquer atividade. Você poderá montar sua própria biblioteca dentro de seu smartphone, sem precisar carregar pilhas de livros para lá e para cá além de ser um preço mais baixo do que as outras opções. Acelerar a leitura do livro é possível com os audiolivros e uma possibilidade para quem já domina bem o hábito.

Mas porque não ler e ouvir o mesmo título ao mesmo tempo? Os dois métodos unidos, fixam e auxiliam ainda mais na aprendizagem além de te mantê-lo focado no assunto.

Independente da forma escolhida, o importante é que você mergulhe na literatura da melhor forma para você.

Caso você ainda não tenha tido a oportunidade de ouvir um audiolivro, clique aqui e aproveite 7 dias grátis para ouvir quantos livros quiser. Quem sabe seja o seu novo método preferido de leitura.